quinta-feira, 11 de março de 2010

Porque, porque, porque ?
Porque vivemos nos perguntando se tem algo de errado com a gente ?
Pq temos que ser o centro do universo até nos momentos menos favoraveis ?

A questão é que as pessoas nem sempre estão na mesma vibe que você, da mesma forma com que você não está na mesma  vibe de muitos outros.... Sentimentos não correspondidos são desagraveis, por mim quando você gostasse de alguém automaticamente a outra pessoa gostaria de volta, uma especie de contaminação de sintomas. As coisas dariam certo e acabou, amor a primeira vista seria moda.

Tá, e eu sei que nem sempre, ou ainda digo  NA MAIORIA DAS VEZES o problema não é necessariamente eu, mas  não consigo deixar de pensar : sou feio ? sou chato ? sou burro ? o que tem de errado comigo?
a pergunta deveria ser : você é o foco de todos os problemas e soluções ? não !!! nós nao somos a causa de tds as situações que nos rodeiam, muitas delas estão  fora de nosso alcançe e não fomos nós que a criamos.
Se alguem nao corresponde o seu amor não é pq vc não merece e ponto. Não precisamos ter feito algo de errado para que alguém não nos ame, afinal estamos cansados de saber que fazer ou não algo errado normalmente  não impede que nos apaixonemos instantaneamente.

Eu não estou apaixonado por ninguém, mas estou irritado com a falta de reciprocidade alheia, odeio me sentir empolgado em algo e não sentir o mesmo, ser cortado... sei que o problema não é comigo mas ao mesmo tempo tento me convencer de que é. só pra ter uma justificativa...

O ser humano me cansa. Eu me canso, essas divagações me cansam...  vou é descansar!

3 comentários:

Thalita Viviane Oliboni Amigo disse...

thiii também acho que as coisas seriam bem mais faceis se as pessoas sentissem o mesmo que a gente.... que saco essa coisa de não saber o motivo pelo qual a pessoa não sente o mesmo
:////

Paty Souza disse...

sabe qual o problema, na minha opinião, zuza?? a gente esquece que as outras pessoas tem seus limites , seus medos. Na maioria das vezes nem é 'não gostar', é ter medo, é ser frágil e se proteger! Só que quando somos rejeitados acabamos com essas nóias que por vezes nem fazem sentido.

Acho que o mal não são nossos defeitos, mas sim nossos medos e consequentemente o modo como fazemos nossas escolhas, ou fugimos delas.

aiai é bom filosofar em plena segunda-feira de manhã...rs

Bjo. Paty

RoH !!!! disse...

Canta pra mim!??


xD