terça-feira, 12 de abril de 2011


Toda terça feira é dia do Reflexões & Opniões, um olhar crítico sobre a vida e seus  temas atuais,pessoais, passionais.


               X      

Nos últimos 15 dias o Brasil se deparou com duas figuras carimbadas nada inspiradoras: de um lado um deptudo instruído, diplomado e conceituado durante anos em seus livros e teórias sem fim, com família, filhos, instabilidade financeira, estrutura de vida, condições gerais...Do outro lado um joven de 24 anos, sem estrutura famíliar, sem condições ( sejam elas quais forem ), sem auxílio profissional, sem um histórico amigável e suave de adolescência e infância, sem socialização e sem escrúpulos!

Mundos tão diferentes, seres humanos tão iguais ?
Disponho aqui minha opnião, a quem interessar, sobre eles, sobre o mundo, sobre o ser humano que de forma geral anda sendo decepcionante, anda não, corre!

Todos devem ter visto em alguma mídia por aí os depoimentos do deputado Jair Bolsonaro, alfinetando os homosexuais e negros de todas as formas mais esteriotipadas e alienadas possiveis. Inclusive esteve a alguns dias em um pseudo programa de entrevista causando polêmica ao tentar defender-se dos alardes e manifestações de protesto em massa que fulminaram como praga por todo o País. Eu acredito que a lógica passou longe desse caso, porque em tese, pessoas estudadas e com boa estrutura social deveriam ser mais abertas, menos pré conceituosas e mais humanas, correto? errado, ao menos é o que comprova Jair e tantos outros Joões e Marias  nas ruas do meu dia a dia. Não se assustem com alegações do tipo " se meu filho é gay, dou uma surra e resolvo o problema" pois esse tipo de idealização ainda contamina a mente de trocentos seres humanos, insistentes ao entitular-se humanos! Pq humanos de verdade acima de tudo são exclarecidos, generosos , respeituosos , afetuosos, e amam ...sem julgar!. Já para os que acreditam que os gays e os negros escolhem ser assim ao longa da vida, eu deixo os meus pesares e a minha dica : instrua-se, sobre a sistematica da homosexualidade, da raça e sobre a descencia e a cordialidade. E ai então chamem-se humanos. Existem mais de 450 espécies animais que  apresentam a homosexualidade e apenas em uma existe a homofobia : os homens. Precisamos perguntar o que é antinatural aqui ? Homens como Jair Bolsonaro, devem nascer de novo, pra ve se acertam o erro que cometeram na primeira tentativa, ou talvez reencarnarem como um mosca ou uma formiga, de certo serão mais utéis, antes de serem esmagados por uma sola de sapato ou intoxicados comum Raivon.

Enquanto esse homem mesquinho e pequeno auto comprova-se sabe se lá do que no canal 4, em realengo um outro entra numa escola e mata 12 adolescentes. Essa é a vida, essa é a vida..
E a vida nos fornece esses personagens, que parecem sair das novelas mexicanas mais exageradas, aquele típico vilão, que mata anononimos sem se importar com suas historias, familias, sentimentos, vida e amor.
Weligton, ao meu ver, tinha serios problemas mentais, e estamos sujeitos a isso, não digo eu ou você, mas alguém...alguém sempre está, O porque fico um pouco longe de alcançe, o que sabemos é que os historicos explicam, não justificam. bullyng, desrespeito, insultos, falta de amor e de carinho... alguma semelhança com o caso anterior ? alguma semelhança com a forma de observar o semelhante ? e ai entao perde-se o conceito de qualquer auto estimo e de amor: não se ama mais nada ( nem a si mesmo, nem aos outros ) então matar-se ou matar aquém, trasforma-se em quadro indifente ( banco e preto, sem significado ) que nem nos jogos de video game.

é muito triste saber que compartilhamos o mundo com pessoas tão más, e o pior...más em conseuqencia de outras pessoas, sempre!

Eu acredito no bem e no mal e acho que o mundo precisa dessa balança pra sobreviver,mas, vamos com calma, ou queremos acaba como os dinossauros ?


7 comentários:

Purple disse...

Mundo estranho, infelizmente seremos sujeitos a tais ataques até o ultimo dia das nossas vidas. O que podemos fazer? Muito pouco. Mas o pouco é necessário; orientar, ensinar o respeito e o amor ao próximo; que é um fundamento de cidadania e respeito. Que esses lamentáveis ocorridos não voltem acontecer, e que o amor, a tolerância e o respeito sobreponha tudo isso.


Lucas.
http://paladarkroom.blogspot.com

Bruna disse...

Você arrasou no texto, infelizmente temos que conviver com pessoas ignorantes.

Nada justifica o ocorrido no RJ, mas como você disse se explica..

O rapaz não deveria ter atirado nas criancinhas, mas sim em pessoas como esse cara, que não passa de um infeliz.. =x

LAIS DESIGN disse...

Não sei se podemos explicar a falta espiritual de entender e compreender a que se vem a terra, com uma questão social de desfavorecimento ou favorecimento....
Acho que tudo se resume em algo simples .. Almas boas procuram alternativas para viver com dignidade... O resto são seres não muito humanos vagando nesse nosso planeta mais conhecido como terra.

Paulinha Cristely disse...

bem, lá vou eu!!! Bolsonaro: um ser humano conversador q tem a mente fechada. um ser idiota q teve todas as oportunidades e informações mas simpesmente quis manter a mente fechada e pronto! o pior de tudo é q existem um monte de pessoas como ele e o pior mais ainda, é q eles nem são tão velhos ou conservadores, são pessoas da minha, nossa idade, q tiveram mais informações ainda. isso é deprimente! e eu, os amigos mais verdadeiros, com um coração de ouro e maravilhosos, são homossexuais ou bi! q coisa não!!!
Realengo: logo q vi a notícia, me lembrei da escola em Columbine (aquele do doc. "Tiros em Columbine). acho q a nossa sociedade é tão desigual q faz cm q pessoas cresçam com tamanha desigualdade e injustiça, e com isso se tornam pessoas revoltadas e com problemas psicológicos sérios. e o q é pior, existem vários assim neste país, neste mundo e só vai piorar!

Dionis Maikon disse...

Dois casos que entristecem...
O Bolsonaro é a ignorancia em pessoa, ele não é obrigado a aceitar mas respeitar é o mínimo.

No caso do Wellington, simplesmente ele é um exemplar de ser humano fora dos padrões aceitáveis, assim como existe em todas as espécies de animais... infelizmente esse tipo de coisa não tem como controlar. A revolta nessa caso é válida, mas espero que a partir disso se revoltem para todo tipo de violência, não só contra as crianças, mas sim contra o ser humano, afinal cerca de 35 mil pessoas morrem no Brasil por arma de fogo, outras 35 mil que morrem em acidentes de trânsito... será que isso é normal. Casos como o de realengo são um aviso, não que temos que proteger as nossas crianças, mas que temos que proteger à todos, afinal, a violência no Brasil há tempos está banalizada...

Ótima crítica Zuza!

Sil G. disse...

Humm...não sei se existe ser humano fora dos padrões aceitáveis como disseram, sei que existem sim limitações físicas e psicológicas que todos estamos sujeitos a vivenciar, cedo ou tarde.... Para mim a questão é o que pode ser feito, o que poderia ter sido feito e não foi, milhares e milhares de crianças passam por escolas, médicos e afins, sem que seja feito nada, sem que minimanente seja observado suas idiossincrasia. Seria dever da família, mas quando ela falha, também é dever da sociedade, de todos, do oficial ao vizinho. Agora podemos parar e condenar, mas o que fica em mim é a questão do que poderia ter sido feito e do que podemos fazer de diferente, pois o nosso vizinho pode ser outro wellington, e continuaremos a acha-lo estranho e não dar nem bom dia? Continuaremos sendo um bolsanaro?
Acho q o momento é de olharmos para nós mesmos e vermos o que podemos mudar, primeiro no nível individual, para depois pensar enquanto sociedade.

:)
montededuvidas.blogspot.com

Beijos Thi!

Nick disse...

Acredito que pessoas assim como Jair Bolsonaro, antes de abrir a boca para pronunciar palavras tão ofensivas, deveria existir na vida por apenas um dia como homossexual para perceber que isso não vem a essas pessoas como uma opção, que isso já nasce e já faz parte delas, mas que em muitas vezes é descoberto tarde de mais, como por exemplo por aquelas pessas que chegam até ter um casamento e filhos, mas que tempos mais tarde os "abandona" para seguir outra vida no qual não era essa a imposta a ele.
Também acredito que o livre arbítrio cabe a todos, inclusive ao deputado em expor seus pensamentos, no entanto, cabe a ele como um cidadão representante governamental do país medir as palavras ao se referir a pessoas que não são de sua responsabilidade e que a sua liberdade termina onde começa a de outra pessoa, ou seja, ele não pode culpar e julgar pessoas por serem diferentes do que ele supostamente acha ser correto.
Deus é perfeito, não erra em suas criações e se existem pessoas assim é porque ele crê que isso era bom e o fez, em tempos que achasse necessário pela falta de amor no mundo, porque digo, a quem represente mais o amor que os próprios homossexuais?
Uma última coisa que deixo claro é, quem estaria pecando mais, quem ama o próprio sexo ou quem se compara a Deus e ocupa o seu lugar em direitos de julgar e condenar uma pessoa?!