quarta-feira, 23 de março de 2011

Apostas lançadas


Dizem que quem tem sorte no amor, tem azar no jogo, ou vice-versa.
Ultimamente estou fazendo a linha "azar em ambos"...

Essa semana definitivamente não esta inspiradora, e consigo perceber facilmente quando me falta a inspiração, afinal estudo design e preciso da minha criatividade borbulhante quase todos os dias para realizar os projetos, pena que não é assim que funciona... E justamente por essa minha opacidade criativa desses dias é que meus trabalhos vem sendo o que chamamos de "meia-boca", um reflexo... da minha semana desmotivada, talvez por mais uma vez ser ela outra vez: a mesma.

Pra mudar drasticamente e alcançar os objetivos traçados depende da gente em grande parte, mas existem outros fatores que podem aparecer no caminho como obstáculos, e talvez esses eu ainda não tenha descoberto o meio de desviar-me.Infelizmente.

A mente é uma verdadeira pregadora de peças! uma hora ela te diz que as coisas vão mudar, que tudo passa, ou que não é tão ruim como vc está enxergando, e em outras horas ela está desiludida e desesperançosa, te colocando pra baixo sem parar. Oscilando entre otimistos e pessimismos, equilíbrio pra que ?

Nesse gráfico desigual eu me encontro, sendo nacauteado pelos contrastes e apostando mais uma vez no cassino da vida, esperando que no final eu tenha sorte em ambas as apostas : Jogo e amor.

2 comentários:

Marcelo disse...

Na vida é preciso essa instabilidade momentanea, para que possamos conhecer os dois lados, nada dura para sempre, como a própria mente diz, tudo se resume em momentos, alguns mais intensos, outros menos intensos. A sorte caminha conosco dia a dia, lado a lado a lado, assim como o amor. Mas nossa incapacidade de enxerga la é tamanha que preferimos assim
acrditar que ambas nos abandonou, quando na verdade o que nos falta é acreditar, buscar, e abrir os olhos para tudo aquilo que está a nossa volta e que nos recusamos ver...


Marcelo Viola

Thaís Farias disse...

pra mim a reslidade é: disposição pro amor, não precisa nem de sorte

amei o texto *-*